OUÇA AO VIVO 750 AM

Startup cria aplicativo para evitar o uso do whatsapp

Já pensou em como é a rotina de um médico que recebe mensagens no Whatsapp dos pacientes a qualquer hora do dia ou da noite? Ou de um arquiteto que passa pela mesma situação? O Whatsapp transmite mais de 60 bilhões de mensagens ao dia e ao mesmo tempo que em que facilita a comunicação pessoal e profissional, criou um dilema sobre o controle da intimidade e a disponibilidade em tempo integral. Só no Brasil são 120 milhões de usuários cadastrados no Whatsapp utilizando de forma intensa o programa de troca de mensagens.

A startup curitibana PROH com apenas R$ 50 mil reais de investimento criou um aplicativo que está transformando a vida de profissionais de diversas áreas. Por meio dele é possível bloquear o contato fora do horário e impor limites sobre as demandas de trabalho. O aplicativo é uma interface entre os profissionais e os clientes, tornando o contato exclusivo pela plataforma e com ativação via Tecnologia NFC (Near Field Communication).

A tecnologia NFC é utilizada por meio de um cartão que funciona por aproximação. O profissional faz o cadastro no PROH e ganha um cartão NFC que ao ser escaneado pelo cliente é ativado. Com a ativação o cliente pode enviar ao profissional suas dúvidas e tem um prazo de até três horas para receber a resposta.

Foto: Gian Galani
Aplicativo foi criado pelos empreendedores Bruna Cavalli Reis, Pietro Maués e Lucas MengardaFoto: Gian Galani

Criado pelos empreendedores Bruna Cavalli Reis, Pietro Maués e Lucas Mengarda, o PROH já está em negociação com grandes empresas do segmento de saúde e a projeção é finalizar o semestre com mais de 50 mil usuários cadastrados e mais de 10 mil profissionais.  Com o app, o usuário não tem mais acesso ao profissional por outro meio que não seja a ferramenta.

E o melhor: o cadastro na plataforma é gratuito, não há taxa de mensalidade e o serviço é cobrado pelo uso, debitado no cartão de crédito. Somente no primeiro mês de ativação do PROH a média é de que cada profissional cadastrado na plataforma recebeu R$ 500 pelas interações.

“Através do app o profissional oficializa o contato e fideliza os clientes, além de poder cobrar pelos atendimentos prestados. Para os clientes, geramos economia, comodidade e satisfação”, explica Pietro Maués.

PROH está disponível em todo o Brasil, com download gratuito da plataforma pela Apple Store ou Google Play.

WhatsApp chat