OUÇA AO VIVO 750 AM

Sindicato faz reunião com representantes da GM em São José dos Campos

Sindicato dos Metalúrgicos faz reunião com representantes da GM em São José dos Campos. O encontro será nesta terça-feira (22/01), às 11h00, e visa discutir a possibilidade do fechamento de fábricas no Brasil.

O presidente da montadora para o Brasil e Argentina, Carlos Zarlenga, disse em mensagem divulgada nas fábricas do País, que após atingir um nível crítico, após fortes perdas nos últimos três anos, o “momento exige sacrifícios de todos”.

Weller Gonçalves, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, entende que a GM faz chantagem com os funcionários: “O que mais que a GM quer? Ao longo de décadas no nosso País, a GM explorou os trabalhadores, teve uma lucratividade alta, remeteu isso para o exterior e agora vem dizer que precisa tirar mais direitos dos trabalhadores para continuar. Na nossa opinião é uma tremenda chantagem o que a GM está fazendo com o trabalhador. É terrorismo”, disse o líder sindical.

Na quarta-feira, o Sindicato também faz um ato contra a venda da Embraer para a Boeing, na praça Afonso Pena, em São José dos Campos, como pontua Weller Gonçalves.

Ouça a entrevista ao Jornal Piratininga.

Jesse Nascimento

Veja mais:

Ônibus São José dos Campos x Jacareí está R$ 0,30 mais caro

WhatsApp chat