OUÇA AO VIVO 750 AM

Sindicato cobra investimentos prometidos pela GM em São José dos Campos

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos cobra investimentos prometidos pela GM. O acordo com a fábrica foi público e chancelado em 2013 e previa a injeção de R$ 2,5 bilhões em investimentos e a contratação de até 2,5 mil trabalhadores. O investimento previa a fabricação de uma nova linha de veículos até 2017.

Weller Gonçalves, presidente do Sindicato, comenta a situação envolvendo a reestruturação mundial da montadora e cobra os investimentos acordados há cinco ano. O dirigente sindical lembra que o poder público participou das negociações à época. Ele ressalta ainda que eventual fechamento da fábrica em São José dos Campos traria grande prejuízo econômico à região, uma vez que só de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) foram injetados na economia da região R$ 70 milhões.

Recentemente, a GM abriu PDV (Plano de Demissão Voluntária) para funcionários do setor administrativo. Hoje são 300 trabalhadores e 100 deles se colocaram à disposição para aderir o programa. A GM disse que não fará os investimentos na planta de São José dos Campos.

Weller Gonçalves também atualizou informações a respeito da parceria entre Embraer e Boeing.

Ouça aqui a entrevista completa com o dirigente sindical.

Jesse Nascimento

Veja mais:

Volks planeja usar fábricas da Ford nos Estados Unidos para produzir carros

WhatsApp chat