Sindicato cobra investimentos prometidos pela GM em São José dos Campos

Sindicato cobra investimentos prometidos pela GM em São José dos Campos

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos cobra investimentos prometidos pela GM. O acordo com a fábrica foi público e chancelado em 2013 e previa a injeção de R$ 2,5 bilhões em investimentos e a contratação de até 2,5 mil trabalhadores. O investimento previa a fabricação de uma nova linha de veículos até 2017.

Weller Gonçalves, presidente do Sindicato, comenta a situação envolvendo a reestruturação mundial da montadora e cobra os investimentos acordados há cinco ano. O dirigente sindical lembra que o poder público participou das negociações à época. Ele ressalta ainda que eventual fechamento da fábrica em São José dos Campos traria grande prejuízo econômico à região, uma vez que só de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) foram injetados na economia da região R$ 70 milhões.

Recentemente, a GM abriu PDV (Plano de Demissão Voluntária) para funcionários do setor administrativo. Hoje são 300 trabalhadores e 100 deles se colocaram à disposição para aderir o programa. A GM disse que não fará os investimentos na planta de São José dos Campos.

Weller Gonçalves também atualizou informações a respeito da parceria entre Embraer e Boeing.

Ouça aqui a entrevista completa com o dirigente sindical.

Jesse Nascimento

Veja mais:

Volks planeja usar fábricas da Ford nos Estados Unidos para produzir carros

Desenvolvedor Web - Relbert Ribeiro