OUÇA AO VIVO 750 AM

São José lança sistema de emissão de notas nesta segunda

Antecipação só será possível por conta da austeridade financeira aplicada pela Prefeitura desde janeiro de 2017 - Foto: Charles de Moura/PMSJC
Novo sistema vai agilizar o registro da prestação de serviços e o pagamento do ISS dos contribuintes de São José – Foto: Charles de Moura/PMSJC

A Prefeitura de São José dos Campos inova e oferece maior agilidade e menos burocracia para os seus empreendedores. A nova nota fiscal eletrônica traz importantes mudanças a partir do próximo dia 2 de setembro.

O novo sistema vai agilizar o registro da prestação de serviços e o pagamento do ISS dos contribuintes de São José. A novidade cumpre os eixos da atual administração: inovar, simplificar, compartilhar recursos e fazer uma gestão aberta.

Mais moderna e mais fácil de navegar, a NFSe está preparada para atender a todas as necessidades dos prestadores e tomadores de serviços, no cumprimento de suas obrigações legais, em único módulo. O antigo sistema permanece ativo até o próximo dia 19 de setembro, exclusivamente para o fechamento e pagamento referentes a agosto e períodos anteriores. As notas fiscais da competência setembro devem ser emitidas já no novo sistema.

As melhorias são voltadas essencialmente para os empreendedores que prestam e tomam serviços. O consumidor seguirá pedindo a emissão da Nota Fiscal Joseense nos estabelecimentos e concorrendo a R$ 300 mil por ano em três sorteios de R$ 100 mil.

A Prefeitura preparou uma série de atividades para auxiliar o empreendedor nesta nova etapa. Palestras informativas sobre o novo sistema acontecem na próxima quarta-feira (28) e quinta-feira (29), no auditório da Assecon (Associação das Empresas Contábeis) de São José dos Campos. A presença poderá confirmada aqui.

Mais fácil, mais ágil

No novo modelo, a competência fiscal é aberta e encerrada pelo sistema, tanto para o lançamento de notas tomadas quanto prestadas.

Dessa forma, o livro fiscal fica automaticamente disponível para impressão e consulta, podendo ser emitido a qualquer momento do mês. Além disso, não é mais preciso declarar uma competência sem movimento, esse controle é feito pelo próprio sistema.

Agora, em um único menu será possível consultar notas tomadas e prestadas pela empresa.  Não será mais necessário validar uma nota para que ela seja incluída e visualizada nas consultas do contribuinte tomador, seja ele pessoa física ou jurídica. Todas as notas emitidas para a sua empresa ficarão disponíveis no livro fiscal.

Em poucos passos, a nota estará emitida e a guia disponível para impressão. Ao selecionar a atividade, o sistema irá determinar o local e a responsabilidade do pagamento do imposto, conforme as leis municipais e federais, evitando erros e diminuindo as informações a serem definidas e  inseridas pelo prestador.

O sistema também permitirá a emissão de uma guia a cada nota fiscal registrada (tanto para nota tomada –  retida, quanto prestada – ISS próprio),  ou que agrupe as notas da mesma competência para pagamento em uma única guia, que poderá ser emitida a qualquer momento.

O cancelamento de uma guia também ficou menos burocrático, podendo ser feito pelo próprio contribuinte.

Transição

O sistema GissOnline vai permanecer ativo até o próximo dia 19 de setembro, somente para fechamento e pagamento de competências até agosto.

Todas as ações referentes às notas fiscais deverão ser feitas até o próximo dia 31 de agosto no sistema antigo – Ginfes.

Será enviada automaticamente novo link de acesso do contribuinte para o e-mail cadastrado atualmente no Sistema GissOnline.

Caso não receba o e-mail, o contribuinte deverá escolher a opção “esqueceu seu email de cadastro” e informar, além do CNPJ, a Inscrição Municipal e o CPF solicitante.

WhatsApp chat