OUÇA AO VIVO 750 AM

Polícia prende dupla suspeita de envolvimento na morte de adolescente em São José

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos na morte da adolescente de 17 anos, no último domingo, após um baile do fluxo do funk na Comunidade da Santa Cruz (região central) em São José dos Campos. A dupla estava em um cativeiro dentro do Jardim Nova Esperança (Banhado), depois de terem sido sequestrados por um grupo rival que queriam vingar a morte da jovem. A suspeita da Polícia é que o crime tenha relação com a disputa de ponto de vendas para tráfico de drogas.

Na última quarta-feira, um dos envolvidos, de 19 anos, se entregou a polícia. A Delegacia de Investigações Gerais informou que ele disse que foi sequestrado no domingo em sua casa no bairro Altos de Santana (região norte) e levado, junto com outro jovem, para um cativeiro no Banhado. No local, o jovem contou à polícia que foi submetido a sessões de tortura. O suspeito está preso em outra cidade por questão de segurança.

Já na madrugada de quinta-feira, o segundo suspeito também conseguiu fugir do cativeiro e foi encontrado, desacordado, por um guarda municipal. Esse suspeito está internado em estado grave e encontra-se sob escolta policial.

A Policia Civil informou ainda que mais dois suspeitos, um jovem e uma mulher, estão sendo procurados.

O Caso

O corpo da adolescente Jamile Fernandes da Silva, de 17 anos, que estava desaparecida, após participar de um baile do chamado “Fluxo do Funk”, na Comunidade Santa Cruz (região central da cidade) foi encontrado pela Polícia Militar nesta última segunda-feira.

De acordo com a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), os peritos informaram que o corpo tinha sinais de violência na cabeça, perna esquerda e mãos. A adolescente foi encontrada na estrada do Sertãozinho, região norte da cidade. Ela teria sido levada de carro, após uma briga no baile funk, que teria sido apartada por moradores da Comunidade Santa Cruz.

 

WhatsApp chat