OUÇA AO VIVO 750 AM

Planejamento arbóreo deve finalmente sair do papel em São José

Planejamento arbóreo deve finalmente sair do papel em São José dos Campos. Foi aprovado na noite desta quinta-feira (07/03), pela Câmara Municipal, projeto de lei 330/14, do vereador Walter Hayashi (PSC), que autoriza a prefeitura a elaborar o inventário arbóreo do município e o plano de substituição gradativa das espécies existentes consideradas impróprias ou inadequadas.

Dia da mulher tem programação especial no Largo São Benedito

De acordo com o projeto, cada árvore deverá receber uma identificação no inventário contendo informações como espécie; localização; altura; tipo de copa e estado fitossanitário. Segundo a justificativa do autor, o objetivo é a preservação e manutenção de forma a evitar ações arbitrárias e desprogramadas.

O prefeito Felício Ramuth (PSDB), em entrevista ao Jornal Piratininga, no começo do ano, admitiu que a prefeitura deixou a desejar na análise de árvores. Elas caíram aos montes na cidade desde novembro do ano passado.

Ramuth disse que “em 2018 deixamos a desejar na análise das árvores. A gente precisa ter um ritmo maior de equipes indo visitar para fazer a análise, para saber se a árvore está saudável. É muito comum as pessoas pedirem para cortar as árvores”.

Ele lembrou que a prefeitura iria licitar empresa  para laudar as árvores do município e os laudos estariam na palma da mão de cada cidadão joseense a partir deste mês.

A empresa licitada “vai fazer o mapa, vai fazer os laudos de todas as árvores da cidade e você através de um número que vamos deixar em cada árvore vai poder ver o laudo. Porque é muito comum as pessoas pedirem para cortar uma árvore e aí a nossa equipe vai e a pessoa não sabe que foi. Ela vai ter lá uma plaquinha e você vai poder acessar pelo seu celular todos os laudos realizados”, prometeu Ramuth.

Jesse Nascimento

 

WhatsApp chat