OUÇA AO VIVO 750 AM

Perigo nas ruas. 117 presos não retornaram aos presídios da região após a “saidinha” de fim de ano

Perigo nas ruas. 117 presos não retornaram aos presídios da região após a “saidinha” de fim de ano. Os números foram confirmados nesta terça-feira (15/01) pela SAP (Secretaria de Administração Penitenciária). Os detentos deveriam ter retornado da “saidinha” no dia 02 de janeiro.

Nenhum dos cinco presídios da região teve o retorno de 100% dos presos beneficiados com o benefício. O presídio Doutor Edgard Magalhães de Noronha, o Pemano, de Tremembé tem a maior quantidade de presos que ignoraram a data de retorno a penitenciária, são 2.641 presos e 103 não retornaram.

Também foram analisados números de outros quatro presídios da região: Tarcizo Leonce Pinheiro Cintra, de Tremembé, Centro de Ressocialização feminino de São José dos Campos, Penitenciária III de Potim e Penitenciária feminina II em Tremembé. Os detentos que não retornaram são considerados foragidos da Justiça.

Jesse Nascimento

Veja mais:

Polícia Militar faz “Operação São Paulo Mais Seguro” para a prevenção da criminalidade

WhatsApp chat