OUÇA AO VIVO 750 AM

Para Amélia Naomi (PT) criação de novos cargos comissionados pela Câmara é barganha política

Para Amélia Naomi (PT) criação de novos cargos comissionados pela Câmara de São José dos Campos é barganha política. A reforma foi aprovada cria cinco cargos comissionados para concursados e extingue outros quatro de confiança. A oposição fala em manobra para manter altos salários.

São criados os cargos de ouvidor, assessor de Comissões, assessor de Atas e a de controlador de Almoxarifado, além do cargo de assessor da chefia de gabinete. Os salários serão de até R$ 8,6 mil.

Amélia defende o inchaço do gabinete do vereador para que o trabalho dos legisladores seja mais eficiente.

Câmara recebe documento que informa sobre perda de mandato de vereador

Ela que já foi presidente da Câmara também lembra que há rigor exagerado do Tribunal de Contas em relação aos cargos que são comissionados, mas sem concurso público.

A aprovação dos cargos comissionados teve cinco votos contrários, da bancada do PT (Amelia Naomi, Juliana Fraga e Wagner Balieiro), Flávia Carvalho (PRB) e Renata Paiva (PSD).

Jesse Nascimento

WhatsApp chat