OUÇA AO VIVO 750 AM

Museu do Folclore de São José faz último encontro do Dialogando com o Folclore

O Museu do Folclore de São José dos Campos realiza, no próximo dia 25 (quinta-feira), o sexto e último encontro do projeto Dialogando com o Folclore, edição 2019, com palestra de Maria Cândida Moraes, pesquisadora do CNPq e coordenadora adjunta da Rede Internacional de Ecologia dos Saberes, da Universidade de Barcelona. Ela falará sobre ‘Ecologia dos Saberes – Novas bases epistemológicas para a religação dos saberes’.

A palestra acontece às 19h30 no auditório do Museu Municipal de São José dos Campos, com entrada franca. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pela internet, no link http://bit.ly/Dialogando6. As vagas são limitadas e os participantes receberão certificado (digital) de participação.

“A ecologia dos saberes se refere a existência de conhecimentos plurais, destacando a importância do diálogo entre o saber científico e humanístico, entre o saber acadêmico e o saber popular provenientes de outras culturas e a necessidade de confrontar o conhecimento científico com outros tipos de conhecimentos”, ressalta a palestrante.

folclore
A pesquisadora Maria Cândida Moraes é a próxima palestrante do projeto Dialogando com o Folclore – Foto: PMSJC

Perfil

Maria Cândida Moraes também é professora aposentada do Programa de Pós-Graduação em Educação na Universidade Católica de Brasília, tendo proferido mais de duas centenas de conferências em sua área de atuação. Possui mestrado em ciências pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe/1975), revalidado pela UNICAMP e doutorado em Educação (currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996).

Projeto

O Dialogando com o Folclore é desenvolvido anualmente pelo Museu do Folclore, por meio de cursos e palestras, destinado a um público diverso como estudantes universitários, educadores e interessados. Tem como objetivo gerar reflexão e diálogo acerca de temas importantes ligados aos estudos sobre os saberes populares. O tema do projeto, este ano, faz uma relação entre a cultura popular, a ciência e a tecnologia.

Gestão

O Museu do Folclore foi criado em 1987 pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo e, atualmente, é gerido pelo Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP), organização da sociedade civil sem fins lucrativos, com sede em São José dos Campos.

WhatsApp chat