OUÇA AO VIVO 750 AM

Motorista que atropelou e matou quatro pessoas em São José em 2017 será ouvido nesta quarta-feira na justiça

Jovens que foram atropelados em 2017
Imagens de vídeo do momento em que os jovens são atropelados e mortos em São José em 2017

Um crime que chocou São José dos Campos e o Vale do Paraíba. Na madrugada do dia 6 para 7 de setembro, na rodovia Geraldo Scavone (SP-66) que liga São José a Jacareí, Mateus de Jesus Souza, de 20 anos, atropelou e matou quatro pessoas, um motociclista acidentado e três pessoas que prestavam socorro ao ferido. As vítimas tinham entre 18 e 28 anos. Nesta quarta-feira, Souza que está preso desde fevereiro, em São Paulo, será ouvido por videoconferência na Vara do Júri no fórum de São José.

Após o atropelamento, Souza fugiu sem prestar nenhum tipo de socorro as vítimas. Ele chegou a ser preso, mas acabou sendo liberado pela justiça por não ter sido preso em flagrante, para responder em liberdade. Segundo a defesa do acusado, após ameaças, ele acabou fugindo em fevereiro de 2018 e ficou foragido até o dia 21 de fevereiro deste ano quando se entregou a justiça.

Desde o crime, essa é a primeira vez que ele será ouvido pela Justiça e vai apresentar sua versão. À polícia, no depoimento prestado em 2017, Souza alegou que havia neblina no local o que dificultou sua visibilidade e que não havia ingerido bebida alcoólica.

A audiência desta quarta, por videoconferência, foi marcada para às 15h. Souza será interrogado pelo juiz criminal de São José dos Campos, com a participação dos advogados de defesa e acusação, que representa os familiares das vítimas.

Vítimas

Morreram atropelados Guilherme Augusto Oliveira, de 29 anos (Ex-radialista); Bianca Magalhães Pereira, de 18; Moisés de Queirós Mathias, de 25; e Lucas Mario Carvalho Vieira, de 22.

Fabrício Junqueira

WhatsApp chat