OUÇA AO VIVO 750 AM

Morre o jornalista Clóvis Rossi

Morreu hoje (14), em São Paulo, aos 76 anos, Clóvis Rossi, jornalista da Folha de S. Paulo, ganhador de vários prêmios jornalísticos e autor dos livros “Clóvis Rossi, Enviado Especial, 25 Anos ao Redor do Mundo” e “O Que é Jornalismo”. Ele estava em casa, onde se recuperava de infarto sofrido há uma semana.

morre Clóvis Rossi
Clóvis Rossi tinha 76 anos

Nascido em 1943, no bairro do Bexiga, em São Paulo, Rossi começou no jornalismo em 1963. Trabalhou nos jornais Correio da Manhã, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil. Teve ainda passagens pelas revistas Isto É e Autoesporte e pelo Jornal da República e manteve blog no espanhol El País.

Ganhou diversos prêmios ao longo de sua carreira, como o “Mário Moors Cabot”, da Universidade de Columbia (EUA) e o  da Fundação Nuevo-Periodismo Ibero-Americano, criado por Gabriel García Márquez.

Escreveu os livros “Clóvis Rossi, Enviado Especial, 25 anos ao Redor do Mundo” e o “O que é Jornalismo”, uma espécie de bíblia para estudantes de jornalismo.

Clóvis Rossi trabalhou desde 1980 na Folha, foi correspondente deste jornal em Buenos Aires e escreveu reportagens de grande repercussão no país durante os períodos de abertura política, aprovação da Constituição de 1988, posses de presidentes da República e mudanças da política externa brasileira. Deixa mulher, três filhos e três netos.

O velório e o enterro ocorrerão no Cemitério Gethsêmani em São Paulo. o início do velório será às 15h, o enterro no sábado às 11h da manhã.

 

WhatsApp chat