OUÇA AO VIVO 750 AM

Metalúrgicos irão receber R$ 9.600 em acordo firmado com a Hitachi

Depois de paralisarem a produção por 24 horas, os metalúrgicos irão receber R$ 9.600 em acordo firmado com a Hitachi. Serão R$ 6.900,00 de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e R$ 2.700,00 de abono salarial, que já é parte da campanha salarial de 2019. O acordo foi aprovado no fim da tarde desta sexta-feira (08/03).

Hitachi diz que valor da PLR pedido pelo Sindicato inviabiliza fábrica em São José

A PLR será paga em duas parcelas. A primeira de R$ 5.175,00 será paga em abril e o restante atrelado a metas, a ser pago em novembro. A empresa ainda vai pagar vale-alimentação no valor de R$ 120,00 a partir de junho, passando para R$ 140,00 em setembro.

Também ficou definido o reajuste salarial deste ano, a ser aplicado em 1º de setembro, data-base da categoria. Os salários serão reajustados pelo INPC do período (setembro de 2018 a agosto de 2019) mais 2% de aumento real.

Os trabalhadores não aceitaram a primeira proposta da Hitachi, que oferecia PLR der R$ 6.600,00. Eles queriam benefício no valor de R$ 9.100,00. A Hitachi chegou a emitir nota para dizer que estes valores colocavam em risco os empregos e continuidade da fábrica em São José dos Campos

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Weller Gonçalves comemorou as negociações: “Os metalúrgicos da JC Hitachi fizeram valer sua tradição de luta. Esta greve teve grande importância ao mostrar para os patrões que nossa categoria tem garra e conhece o caminho para chegar às conquistas. Apesar de todo assédio na fábrica, os trabalhadores seguiram firmes e saíram vitoriosos”.

Jesse Nascimento

WhatsApp chat