Maninho será julgado dia 27 de fevereiro pela segunda instância da Justiça Comum

Maninho Cem por Cento (PTB) será julgado dia 27 de fevereiro pela segunda instância da Justiça Comum. Ele já foi condenado em primeira instância a ter o mandato cassado por crime de improbidade administrativa. O vereador, de São José dos Campos, é acusado de empregar um funcionário em negócios particulares.

O processo será analisado por três desembargadores da 9ª Câmara de Direito Público, do Tribunal de Justiça. A Procuradoria Geral da Justiça recomendou ao TJ a manutenção da condenação. O argumento usado pelo promotor, José Augusto Mustafá, que as provas do processos são suficientes para comprovar que o assessor do vereador, Élcio Alves de Souza, cumpria expediente na banca de jornais de Maninho.

Câmara de São José dos Campos cria cinco cargos comissionados para concursados

Em relação ao processo que enfrenta na Câmara de São José dos Campos, a Comissão Processante, ouvirá sete pessoas, entre testemunhas e acusação, relacionadas ao processo contra Maninho no dia 06 de Fevereiro.

Jesse Nascimento

Desenvolvedor Web - Relbert Ribeiro