OUÇA AO VIVO 750 AM

Iolene Lima não fica no Ministério da Educação

Iolene Lima não fica no Ministério da Educação (MEC), como informado pela Rádio Piratininga, no último sábado (16/03). A confirmação da notícia aconteceu na madrugada desta sexta-feira (22/03) e foi feita através das redes sociais.

Pastora de São José tem nome vetado no Planalto para a Educação

A pastora de São José dos Campos estava no MEC há cinco anos e ficou na linha de tiro do grupo do ideólogo Olavo de Carvalho, guru político do governo Jair Bolsonaro, que não queria pessoas ligadas ao antigo Secretário Executivo da pasta, Luiz Antonio Tozzi, em funções chaves no ministério. Tozzi teria sido indicado pelo coronel Roquetti, desafeto de Carvalho.

Iolene disse pelas redes sociais “que o quadro é bastante confuso na pasta”, mas ainda sim aceitou o convite para assumir a secretária executiva.

Ao receber a notícia ontem (21/03) ela ficou perplexa: “Novamente me coloquei à disposição para trabalhar em prol de melhorias para o setor. No entanto, hoje, após uma semana de espera, recebi a informação de que não faço mais parte do grupo MEC.Não sei o que dizer, mas acredito em Deus que me guardará e guiará”, ponderou Iolene Lima.

Jesse Nascimento

WhatsApp chat