OUÇA AO VIVO 750 AM

Hitachi diz que valor da PLR pedido pelo Sindicato inviabiliza fábrica em São José

Hitachi diz que valor da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) pedido pelo Sindicato dos Metalúrgicos inviabiliza novos investimentos e mesmo a fábrica em São José dos Campos. A empresa não está de acordo em pagar aumento de quase 50% no benefício de um ano para outro.

Planejamento arbóreo deve finalmente sair do papel em São José

A greve que começou ontem foi suspensa. Nesta sexta-feira (08/03), às 13h, acontece uma reunião entre empresa e o Sindicato dos Metalúrgicos. Às 17h, então, será realizada assembleia com trabalhadores para decidir os rumos da greve. 

Os trabalhadores exigem R$ 9.100,00 enquanto que a empresa oferece R$ 6.600,00, o que representa aumento de 6,5% em relação à 2018.

A Hitachi informa que executivos da empresa estiveram reunidos ontem (07/03), com integrantes da Prefeitura da cidade e do CIESP (Centro das Indústrias do estado de São Paulo), manifestaram forte preocupação com perdas de empregos e retração de novos investimentos na região.

Jesse Nascimento

WhatsApp chat