OUÇA AO VIVO 750 AM

Governo Felício Ramuth pretende mudar traçado da Via Cambuí

Visando evitar a paralisação na justiça das obras da Via Cambuí, o governo Felício Ramuth (PSDB) deve mudar novamente o traçado, após reunião feita com moradores do Residencial Tatetuba, na região leste da cidade, que entraram com uma ação na justiça que paralisou um trecho da obra. 

Segundo os moradores, o problema da obra está principalmente na localização e que antes houve uma aceitação do projeto, mas que depois a obra foi mudada sem nenhuma consulta
Segundo os moradores, o problema da obra está principalmente na localização e que antes houve uma aceitação do projeto, mas que depois a obra foi mudada sem nenhuma consulta

Segundo os moradores, a prefeitura de São José dos Campos mudou o traçado original da via e que estava construindo uma alça de acesso da Via Cambuí para dentro do bairro, o que não constava no projeto original. Segundo uma das autoras da ação, Regina Prado, essa alça de acesso traria um trânsito que o residencial não comportaria. “Somos um bairro residencial, com muitos idosos, estamos aqui há mais de quarenta anos, construímos nossas casas em cima de um antigo lixão, as ruas e as casas não aguentariam esse trânsito, não temos estrutura”, afirmou em recente entrevista ao “Jornal Piratininga”

Após paralisação das obras, o governo Felício Ramuth procurou os moradores para uma reunião, que aconteceu na manhã desta última terça-feira (05/11), onde o próprio prefeito propôs apresentar um novo traçado para a alça de acesso em até dois meses.

A proposta foi comunicada à Justiça, com pedido de revogação da liminar, não aplicação de multa pelo descumprimento e suspensão do processo por até 60 dias.

O advogado do grupo de moradores, César Godoy Bertazonni informou que

o grupo aguardará o novo desenho da via, mas que manterá a manutenção da ação de  suspensão da obra na alça de acesso. “Protocolamos uma petição pedindo a manutenção da liminar de suspensão da obra, até que a Prefeitura  apresente o novo projeto que o prefeito Felício Ramuth se comprometeu com o moradores”, finalizou o advogado. 

Fabrício Junqueira 

WhatsApp chat