OUÇA AO VIVO 750 AM

Embraer e Boeing aprovam acordo e esperam aval do governo

Embraer e Boeing aprovam acordo e esperam aval do governo. O anúncio da aprovação dos termos do contrato foi feito pela Embraer. A Boeing vai deter 80% da nova empresa e a Embraer ficará com 20%. A nova empresa foi batizada de JV Aviação Comercial.

O acordo ainda precisa ser aprovado pelo governo brasileiro. Em nota, a Embraer diz que “a parceria estratégica será, então, submetida à aprovação dos acionistas, das autoridades regulatórias, bem como a outras condições pertinentes à conclusão de uma transação deste tipo”.

A expectativa é de que o negócio só gere lucros a partir de 2020. A Embraer espera que o resultado da operação, descontados os custos de separação, seja de aproximadamente US$ 3 bilhões.

As empresas também chegaram a um acordo para a criação de uma segunda empresa para desenvolver novos mercados para o avião multi-missão KC-390 na área da defesa. A Embraer teria 51% dessa nova empresa e a Boeing 49%.

Jesse Nascimento

Veja mais:

Mega-sena está acumulada e paga R$ 48 milhões amanhã

WhatsApp chat