OUÇA AO VIVO 750 AM

Criação de galinhas d’Angola em Jacareí é tema de projeto na Câmara Municipal

A Câmara Municipal vota, nesta quinta-feira (2), o projeto de lei que pretende combater a proliferação de escorpiões através da criação de galinhas d’Angola em imóveis públicos e particulares de Jacareí.

Galinha d'Angola
Câmara Municipal vota, nesta quinta-feira (2), o projeto de lei que pretende combater a proliferação de escorpiões através da criação de galinhas d’Angola em Jacareí

A proposta, de autoria do vereador Juarez Araújo (PSD), altera o Código de Normas, Posturas e Instalações Municipais, em vigor deste 2008, permitindo nos imóveis localizados na zona urbana a manutenção de, até, duas aves da espécie, para a finalidade de combate à proliferação de insetos e animais peçonhentos.

Segundo o autor, a proposta possui caráter preventivo. “A ideia é inibir a proliferação de insetos e animais peçonhentos, que na maioria das vezes passa despercebida por todos nós, sendo constatada somente com o agravamento da situação, quando acontece alguma tragédia ou um fato de consequências de maior relevância”, disse Juarez.

A escolha da espécie leva em consideração a cadeia alimentar de animais peçonhentos, como o escorpião. “A galinha d’Angola é o predador natural do escorpião”, lembrou.

No documento Juarez cita o caso da proliferação de escorpião na creche municipal do bairro Parque dos Sinos, região norte de Jacareí. “É um tipo de risco como este que o projeto pretende minimizar com o uso da galinha d’Angola”, completou.

Atualmente Jacareí possui seis registros de escorpiões em unidades escolares.

VOTAÇÃO
Para aprovação serão necessários votos favoráveis da maioria absoluta dos vereadores (sete votos), em dois turnos de discussão em plenário devido à natureza da matéria (alteração do Código do Código de Normas, Posturas e Instalações Municipais).

 

Fonte: Diário de Jacareí

WhatsApp chat