OUÇA AO VIVO 750 AM

Câmara de Jacareí confirma acesso a extratos bancários sobre destino dos R$ 317 mil

A Câmara Municipal de Jacareí confirmou em nota encaminhada à imprensa, que teve acesso a quatro extratos bancários obtidos pela Polícia Civil, que identificou o destino dos R$ 317 mil furtados de uma conta exclusiva para pagamento de servidores por meio de golpe de estelionatários ocorrido em setembro de 2018.

Vista aérea da Câmara Municipal de Jacareí, na região central da cidade
Vista aérea da Câmara Municipal de Jacareí, na região central da cidade

As informações do rastreamento dos valores desviados junto ao Banco Santander apontaram que o dinheiro foi depositado em contas nos estados do Pará, Goiás e no Distrito Federal. Essas contas foram descobertas após quebra de sigilo bancário, autorizada pela Justiça.

De acordo com a Câmara, os investigadores irão acionar as polícias das cidades e os donos das contas deverão prestar esclarecimentos sobre os depósitos.

DEVOLUÇÃO
Até o momento o banco devolveu R$ 33.437,66 para o Poder legislativo, sem demonstrar a origem e o motivo da devolução.

A Câmara Municipal de Jacareí reitera que houve falha nos procedimentos de segurança do banco e acionou judicialmente o Santander visando que o valor integral seja devolvido ao Poder Público.

O FATO
O desvio de R$ 317.287,00 da conta corporativa da Câmara Municipal de Jacareí ocorreu em 26 de setembro de 2018. A ocorrência foi registrada na delegacia na tarde do dia 27, um dia após o fato. De acordo com o boletim de ocorrência, o valor foi retirado da conta da Câmara em sete transferências diferentes, feitas via internet banking de forma sequencial.

Na ocasião, o Diário de Jacareí apurou que o suposto ‘golpe’ foi iniciado após contato telefônico entre uma pessoa que se dizia funcionária do banco e o setor responsável na sede do Legislativo.

 

Fonte: Diário de Jacareí

WhatsApp chat