OUÇA AO VIVO 750 AM

Caí o número de mortes na RM Vale no primeiro semestre de 2019

Operação da PM, no Vale do Paraíba, prende 18 pessoas e multa 101 pessoas que dirigiam sob efeito de álcool
Foto: Polícia Militar

Números apresentados nesta última quinta-feira (25/07) pela Secretária de Estado da Segurança Pública de São Paulo, mostram que a RM Vale apresenta queda no primeiro semestre deste ano, em comparação a números apresentados no ano passado. Neste primeiro semestre foram 160 mortes contra 173, em igual período do ano passado. A quantidade de vítimas de latrocínio (roubo seguido de morte) recuou ainda mais, -36%, de 11 óbitos de janeiro a junho do ano passado para 7, em igual período deste ano.

Outros crimes também apresentaram queda nos números em comparação a 2018, roubo geral (-18,72%) roubo de veículo (-4,93%), roubo de carga (-6%) e furto de veículo (-4,33%). A exceção foi o furto geral, que cresceu 1,45%.

Mesmo com números positivos no comparativo entre 2019 e 2018, a RM Vale do Paraíba continua sendo o chamado “Vale da Morte”, sendo considerada a região mais violenta do interior paulista. A região de Campinas está em segundo lugar com 147 mortes, depois vem a região de Ribeirão Preto com 118 mortes. 

São José dos Campos 

Os índices de criminalidade em São José dos Campos tiveram queda no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2018.

De acordo com os dados divulgados, de janeiro a junho de 2019, ocorreram 22 assassinatos contra 32 do ano passado –redução de 31%. Os números referente ao latrocínio também apresentou melhoras, em 2018 foram 3 casos e neste ano nenhum. 

Os índices de roubo e furto, somados, também caíram em 2019. Foram registradas 3.819 ocorrências destas duas modalidades de crime no primeiro semestre deste ano contra 4.182 em 2018, o que representa um decréscimo de 9%.

Fabrício Junqueira 

WhatsApp chat