Bolsitas do ‘Pró-Trabalho’ começam a trabalhar em São José

Desde a última segunda-feira (25), já foram chamados 230 classificados no programa Pró-Trabalho em São José dos Campos. Até o próximo dia 16, serão mais 90. As primeiras inserções no mercado de trabalho começam nesta terça-feira (5). Os beneficiários serão direcionados para os serviços internos e administrativos de várias secretarias da Prefeitura, Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), Delegacia da Mulher, Procon e Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

A Prefeitura de São José dos Campos promoveu, na última sexta-feira (29), uma integração com um grupo de 50 supervisores do Pró–Trabalho. O objetivo foi instruir os servidores sobre os direitos e obrigações dos beneficiários do programa, visando o bom atendimento aos bolsistas. Esse grupo será referência no desenvolvimento diário das atividades dos beneficiários do Pró-Trabalho.

Até o dia 8 de agosto, serão convocados um total de 460 bolsistas. Em até dois anos, o programa deverá beneficiar 2 mil pessoas.

O PROGRAMA
O Pró-Trabalho é coordenado pelas secretarias de Apoio Social ao Cidadão e de Inovação e Desenvolvimento Econômico. Os participantes terão uma bolsa-auxílio qualificação no valor de R$ 1.000 por mês, por até um ano, renovável por igual período e vale alimentação de R$ 100.