OUÇA AO VIVO 750 AM

Avaliação larvária de julho aponta índice de 0,1 em São José

A terceira ADL (Avaliação de Densidade Larvária) do ano, realizada neste mês de julho pelo Centro de Controle de Zoonoses da Prefeitura, mostrou que o nível de infestação pelo mosquito Aedes aegypti caiu para 0,1 em São José dos Campos. A pesquisa foi realizada em 18.713 imóveis de todas as regiões da cidade, onde foram coletadas 30 amostras para pesquisa larvária.

O índice aceitável pelo Ministério da Saúde é de no máximo 1. Por esse motivo, o resultado mostra que a cidade encontra-se classificada como satisfatória para o índice de infestação do mosquito transmissor das arboviroses, como dengue, chikungunya e zika.

adl
A Avaliação de Densidade Larvária coloca São José dos Campos como satisfatória para o índice de infestação do mosquito – Foto: Charles de Moura/PMSJC

Para a melhor dinâmica de trabalho, o município foi dividido em 42 áreas de trabalho, sendo que 31 obtiveram índice 0. Foram encontrados 32 recipientes com larvas, sendo os principais criadouros as piscinas, plantas aquáticas, pratos de planta, baldes, pneus, caixas d’água e vasos sanitários.

Mesmo com índices satisfatórios, a Secretaria de Saúde lembra que é de suma importância que a população aproveite este cenário para eliminar possíveis criadouros e higienizar locais e recipientes que possam acumular água.

Segundo a Fiocruz, os ovos do mosquito podem resistir até 450 dias em dessecação, sobrevivendo por muitos meses em ambientes secos até que o próximo período chuvoso e quente propicie a eclosão.

Essa resistência à dessecação permite que os ovos sejam transportados a grandes distâncias, em recipientes secos. Por isso, a necessidade do combate contínuo aos criadouros, em todas as estações do ano.

Outras avaliações

Esta foi a terceira ADL do ano promovida pelo CCZ. A primeira, em janeiro, apontou índice breteau de 1,0, e a segunda, em abril, de 1,1.

Desde o início do ano, São José dos Campos registra 534 casos de dengue, sendo 430 autóctones, 84 importados e 20 ainda aguardando definir o local de infestação.

WhatsApp chat