OUÇA AO VIVO 750 AM

Apresentador da TV Record teria sofrido ofensa homofóbica no ar

O apresentador Tarcis Duarte, da TV Record de Minas Gerais, que está na apresentação do “Cidade Alerta”, teria sofrido ofensa homofóbica durante a exibição do programa nesta última quarta-feira (16/10), ao ler um comentário na rede social, o jornalista disse, “O senhor é um criminoso! Eu faço questão de reunir provas para processar o senhor. O Brasil demorou muito para evoluir a um ponto em que a homofobia é crime. Isso não me ofende de jeito nenhum, mas é obrigação de um cidadão de bem fazer a Justiça ser cumprida”, afirmou, no ar, o apresentador.

Ao site “Notícias da TV” o jornalista disse que repreendeu o autor do comentário, mas optou por não ler as ofensas no ar. “Era uma fala que incitava o ódio e a violência contra homossexuais de uma forma tão absurda, que eu não acho que vale explicitar o que foi escrito”, justificou o apresentador

Tarcis Duarte lembrou que a atração é exibida nas redes sociais e que autores de posts racistas podem ganhar mais visibilidade se forem lidos na televisão. “As pessoas até criam amizades por causa dos comentários, por isso fiquei chocado com o que eu li”, concluiu.

 

WhatsApp chat